vinimoreira.com.br
e-mail: contato@vinimoreira.com.br

As Polêmicas do Novo Universo DC


E aê Molekada! Dia das crianças chegando, vamos entrar no clima já!

Como vocês já devem saber, a querida editora do Bátima e companhia tratou
de zerar sua cronologia e relançar suas revistas visando atingir um público maior.  E não é que os caras conseguiram um baita sucesso com isso? Quase todas as revistas esgotaram e muitas tiveras suas terceiras e quartas tiragens, sendo que no ranking de vendas a DC ficou no top, chutando a cara da Marvel.

Má peraí! Qual foi o segredo do sucesso? Básicamente idiotizar os super-heróis, sexualizar muito mais as heroínas e claro, polemizar! Quanto mais barraco melhor né?  Vê aí uma lista que fiz com as polêmicas dessas novas revistas.

Sim, tem spoiler, mas nada que vá mudar a sua vida não.


1 - Super sem cueca, Clark Potter e Forever Alone!

Apesar de muito icônico, o raio da cueca sumiu, ou pelo menos é da cor da calça agora. Até o novo filme do superman entrou na roda:


Esse comentário vai ser muito gay, mas reparem no "pacote" na roupa do Super do filme novo! Poha, pelo menos a cueca dava uma disfarçada né!

Quanto ao Super-Potter, até entendo, cabelo bagunçado, óculos redondo e roupa amassada e troncha pra esconder a identidade secreta, será que ele fala com sotaque também?



Que sabe se fizessem uma ajuste aqui, outro ali.... hmm, talvez...


                                        
Outra: O casamento do Homem de Aço nunca aconteceu.
De casado pra solteirão solitário... tsc tsc.


Não fica assim não Clark, descasar você foi uma ótima escolha, vai lá
e dá um jeito na Mulher-Maravilha agora! /o/

2 - Heróis Gays, Heroínas Lésbicas.

Tá, isso não é novidade nenhuma mas, Bunker, um herói homosexual
se juntará aos Jovens Titãs, a diferença é que ele será uma BICHONA de primeira! Praticamente uma Lohane Vêkanandre Sthephany Smith Bueno de HA HA HA de Raio Laser bala de Icekiss!


"Porque se não brilha corta né"

Quanto a heroína lésbica, a Batwoman, não tem polêmica nenhuma, pelo menos agora, mas em 2008 quando ela apareceu na revista Detective Comics, gerou um reboliço danado, só pela sua orientação, tsc tsc. Hoje a revista da Batwoman é uma das que valem muito a pena acompanhar no meio de tanto lixo.



3 - Sexo, sexualização (mais) e rapidinhas na madruga.

Parece que o editor chefe decidiu deixar a imaginação pervertida do roteiristas e desenhistas livre! Eu estou adorando, mas o fato é que algumas coisas estão repercutindo negativamente, como nossa queria Estelar. Sendo o foco das nova revistas atingir um público novo, grande parte das pessoas estarão mais familiarizada com sua versão do desenho animado dos novos titãs:



Mas ao abrir a HQ o que encontrarão é isso:

"Amor não tem nada a ver com isso"
Transformaram a Estelar numa biscate sem personalidade!


Outra polêmica supimpa aconteceu na HQ da Mulher Gato, que aliás tá sensualizando geral!

Tentar atrair o público novo não é fácil gente, entendam. bwahahahah
E quando você pensa que a história acabou, que nada! HORA DA RAPIDINHA DA MADRUGA!


Ah, esses americanos são uns pulhas mesmo hein, isso é tão normal em mangá! Eles devem estar chocados pelo fato do Batman não ser gay.


5 - Adeus Oráculo, Adeus cadeira de rodas.

Na boa, eu não dava um puto pela Batgirl, até ela ser supostamente estuprada pelo coringa e ter levado um tiro do mesmo, consequentemente ficando paraplégica:




O que poderia ter sido o fim da heroína foi justamente o começo,
a Batgirl, ou melhor, Bárbara Gordon, se tornou Oráculo. Quem?

"Unindo sua grande inteligência com sua memória fotográfica, seu vasto conhecimento sobre computadores e eletrônicos, suas habilidades de hacker e seu treinamento como bibliotecária, Bárbara assumiu a identidade de Oráculo. Agora ela atuava como uma corretora de informações, as reunindo e disseminando para agências da lei e para a comunidade dos super-heróis. Mais tarde, ela foi treinada por Richard Dragon em uma arte marcial que utiliza-se de bastões, para que Bárbara pudesse combater em sua cadeira de rodas"


(E nem vou falar do grupo de super-heroínas (Aves de Rapina) que ela criou e nem do papel que desempenhou com as posteriores Bargirls.)

Aí você pergunta, mas como uma pernagem que superou uma tragédia e conquistou um lugar de destaque universo DC e no coração dos leitores voltou magicamente a andar?



Isto se chama safadeza Relaunch DC amigo, muitos leitores antigos chegam a boicotar a nova revista. Afinal, não era o fato dela poder voltar a andar e sim o que ela representava. Imagina se o Batman tivesse poderes?

-----------------------------------------------------------------------------------

Houveram diversas mudanças que mereciam um comentário mais de perto, como agora a Mulher-Maravilha ser filha de Zeus, as  "Crisesnunca terem acontecido e o fato do  Aquaman agora ser um personagem LEGAL!

O fato é que as vendas estão um sucesso até o momento. Poder comprar e ler pela internet tem facilitado muito também, principalmente com esse boom das tablets.

Mas não esquenta, se você tem criatividade de mais e dinheiro de menos, seus problemas acabaram, leia suas HQ's no novo Ipad 3!



RIP STEVE JOBS ='(

2 comments:

  1. Finalmente. /o/

    Ah, sobre o post.
    Wow. Pra ser mais polêmico, só faltava colocar MAMILOS. Hahaha -q

    ReplyDelete