vinimoreira.com.br
e-mail: contato@vinimoreira.com.br

5 Lutas marcantes de animes!


Yo!
Tava pensando em alguma lista bem safada pra postar aqui e me veio essa. Bora ver!


Todo mundo tem algumas lutas dos animes que lembra com mais intensidade, de alguma forma. Robôs, alienígenas, criaturas giagantes, demônios e até monstrinhos (vai saber, né?), cada um tem algumas lutas que não saem de sua cabeça. E essa é uma lista com 5 lutas que eu curto muito, mais um extra que é tipo os cinco minutos pra acordar, uma pequena chance contra as regras! Não é um ranking e nem lista absoluta, então os números são só pra eu não colocar sete, ok?

1 – Ryu e Ken contra M. Bison – Street Fighter MovieNa época, esse anime foi uma revolução. Já havia alguns animes de games, mas nenhum com tanta qualidade. A parceria direta da Madhouse com a Capcom gerou uma história bem fiel ao game, em golpes, trama e até no design, feito pela mesma equipe do game. Desse longa, saíram conceitos que seriam usados no game depois. Primeiro e mais claro, os re-designs de alguns personagens, como M. Bison e Sagat, que ficaram maiores e mais assustadores. O sistema de dois contra um que foi usado no Street Fighter Alpha 2 é tão inspirado nessa luta que até o mesmo cenário está presente. Hoje, o anime tá fora de catálogo por causa dos direitos, o tiro na culatra de se casar direitos de duas empresas distintas. Mas a luta ainda tá clara na minha cabeça e a direção da cena é inspiradora.




2 – Char contra Amuro, Gundam RX-78-2 contra Zeong – Kidou Senshi GundamMelhor forma de acabar um embate épico. Dois robôs, dois pilotos, duelando até o fim, usando todas as armas e recursos disponíveis, até que a coisa descamba pra um duelo de esgrima. Pra época tinha sido muito legal e hoje em dia ainda dá um nó na garganta. A cena clássica do Gundam apontando pro alto, sem cabeça e todo detonado, foi o pôster do filme que compilou a terceira parte do anime e também serviu de inspiração para a apresentação do modelo em tamanho real do RX-78-2. O Gundam de verdade



3 – Gon x Hanzo – Hunter x HunterTeria milhões de exemplos legais de lutas em Hunter x Hunter. Mas marcante mesmo foi essa. Nas últimas provas do exame para Hunter, Gon enfrenta o ninja assassino Hanzo, um dos mais habilidosos guerreiros entre os candidatos. Fica visível a diferença, técnica, física, mental. Não há forma alguma de reverter o quadro de derrota de Gon. E sua vida está em jogo. Hanzo tortura ele e todo mundo que assiste range os dentes. Até quem assiste de fora. A situação tensa foi muito bem construída tanto no mangá quanto nos animes. A primeira versão, no entanto, foi mais marcante pra mim e parece muito mais tenso do que o anime recente. Uma ótima forma de fazer um público não ter como ficar indiferente.



4 – Luta final – Fullmetal Alchemist

Aqui também, tenho muitas chances de selecionar uma luta importante. Inclusive no primeiro anime, que a partir de certo ponto, segue uma história completamente diferente. Mas a luta final entre todo mundo contra o “Pai” é a representação ideal de tudo que tem de mais bacana em Fullmetal Alchemist. Desde o tag entre Hawkeye e Mustang até o sacrifício de Al, que culmina em um clímax tão claro que é impossível não perceber ele chegando, a cena é perfeitamente encaminhada, em todos os elementos. E fecha a história sem dúvidas, sem precisar de continuação ou qualquer coisa, fazendo Fullmetal se tornar um grande exemplo de saga episódica gigante mas redondinha.



5 – Kazuma contra Ryuho – ScryedA epicidade da estupidez humana é quando você não tem motivo para lutar, não precisa lutar mais, mas lutar assim mesmo faz todo o sentido do mundo. Fechar uma série com a luta prometida desde os primeiros episódios, depois de dar todos os motivos pra isso não precisar acontecer é bem legal porque Scryed não é uma série sobre salvar o mundo ou sobre avatares mecânicos bacanas. É sobre se impor como ser humano na base do punho cirrado, sempre disparado para frente. E se nessa luta, os dois oponentes dão de tudo, até sobrar apenas cacos de suas armaduras e de seus músculos, não importa muito o que significa um punho levantado no final.





+1 – Haruko contra a Mão gigante – FLCLO extra é por causa da doideira, mais a direção muito boa na ação. FLCL nasceu na Gainax, vindo na esteira do sucesso duradouro de Evangelion. Quando saiu, foi comparado em diversos aspectos com o hit, já que entre os dois, o estúdio fez Karekano, que não tinha nenhuma forma de comparar e era adaptação de um mangá. Mas FLCL não tem praticamente nada de Evangelion e apesar do Sadamoto fazer ilustras e design de personagens, até o visual é completamente diferente. FLCL está mais próximo é de Gurren Lagann, visualmente e ideologicamente. A loucura cheirada, regada à chá de cogumelo começou como um teste nesse OVA de 4 partes onde nada faz sentido e nada é explicado, chegando ao ápice de fodacidade na série de mecha. E tem trilha do The Pillows, coisa que nem Evangelion e nem Gurren Lagann jamais poderão se gabar de serem melhores. Pessoalmente, pra mim, esse foi o primeiro OVA que eu comprei. Gosto pra caramba, apesar de um monte de crítica negativa à série, e o livro de produção da série, com rascunhos das cenas, ficou na minha cabeceira por bastante tempo. É a referência que mais me influencia quanto à cena de ação. E por isso que eu inclui como extra aqui.



E aí? Curtiu a lista? Lembrando que ela é pra servir como um ponto de partida pra conhecer novos animes, não uma lista de melhores. Deve ter coisa muito melhor por aí, eu mesmo tirei Cowboy Bebop e Samurai Champloo pra me ater mais em cenas que me marcaram mesmo. Então, se tem mais alguns pra adicionar, coloque nos comentários!


Post original no blog genkidama.
Confira o post completo lá ^^

0 Pessoas deixaram um comentário? o_O: